domingo, 7 de dezembro de 2008

MOÇA BONITA NÃO PAGA, MAS TAMBÉM NÃO LEVA ( QUE PENA)

Acabei de chegar da feira do Bairro da Cruz que está ficando gigante por sinal, abalei nas pechinchas, amo os pacotinhos de 50 centavos que não existem mais, culpa da crise...
Adoro ouvir os feirantes gritarem: “Moça bonita não paga, mas também não leva, sorte deles, porque se levasse, do jeito que a coisa tá, eu ia chegar na feira de peruca loira qualquer domingo desses e fazer a Xepa.
Falar em Xepa observei que está aumentando o número do pessoal da Xepa, é um mau sinal...
Cheguei cantando aquele sambinha “Caldo cheiroso e gostoso, separa a gema do ovo, para poder temperar. Pimentinha, cheiro-verde, canela e cravo da índia...” e logo parei na barraca do pastel, porque acho muito engraçado algumas coisas típicas da gente. Parece até uma religião, se você for à feira e não comer um pastel com guaraná caçulinha, você não é um bom brasileiro.
Essa moda virou tradição, não sei quem inventou, mas acho maravilhoso, principalmente quando a gente ta com aquela ressaquinha de leve, que não é o meu caso (rsrsrs).
Agora, quanto as bicicletas, é um problema mesmo, e eu quero ser o autor do projeto que irá tornar obrigatório os bicicletários na feira, conforme falei no palanque de campanha, porque é tão fácil resolver esse problema e a população toda vai ficar agradecida, inclusive eu.
Mas por falar em moça bonita, hoje estava ,particularmente, um desfile e tanto, cada geração que passa as pessoas estão mais bonitas e o astral hoje estava tudo de bom; deixou as mulheres ainda mais bonitas.
Enfim, o que ouvi falando numa boca só foi que durante a campanha, a feira vivia lotada de políticos e agora eles não aparecem mais para discutir as necessidades dos feirantes e estar mais perto do povão.
Teve um senhor que ainda me falou que só dá eu, mas que eu não contava... Que ódio, como assim!!!
Quando ele percebeu que eu ia começar a soltar todo um alfabeto de elogios pra ele, ele consertou; “ Não Mafu, é que você mora no bairro e sempre tá aqui, falo daqueles que vem só de 4 em 4 anos”
Pensei em retrucar, mas daí ele me deu um fatia de um abacaxi docíssimo e sai por cima e fui pra barraca da cebola, que tá um absurdo, mas lá fiquei sabendo de uns babados que não posso contar aqui e ganhei um descontinho.
Entre chuchu e abobrinha, cenoura e pepinos (pepino dá ibope rsrsrsr), entre um pastel e outro, vocês que não têm o hábito, comecem a freqüentar a feira do bairro de vocês, as pessoas são extraordinárias, melhora a qualidade da sua alimentação com as frutas e verduras, você fica por dentro dos últimos gritos e de quebra ainda aprende a arte da pechincha que é tudo de bom e ainda ouve uns elogios, porque é o único lugar que você ouve todo mundo te elogiar” moça bonita, moça bonita...”..
Agora vou dar uma espiadinha na casa dos vizinhos, porque tá na hora do almoço e no domingo adoro fuçar nas panelas alheias.
Beijão e até +


.

4 comentários:

Anônimo disse...

Essa postagem ficou super verdadeira...
Realmente é tradição do povo Lorenense sair no sabado à noite ( Pq como dia a música do Grupo Cidade Negra " Todo mundo espera alguma coisa de um sábado à noite, bem no fundo todo mundo quer zuaarr") e no domingo de manhã passar pela feira e comer um delicioso pastel de frango e catupiry, de carne, queijo e, enfim, o sabor não importa pois todos são maravilhosos, o importante e comer um pastel e beber um caçulinha.
Quanto as pechinchas... eu tbm amo faze-lás pois adoro todos os tipos de verduras e legumes.

Beijos

Pollyana

Anônimo disse...

Essa postagem ficou super verdadeira...
Realmente é tradição do povo Lorenense sair no sabado à noite ( Pq como diz a música do Cidade Negra " Todo mundo espera alguma coisa de um sábado à noite, bem no fundo todo mundo quer zuaarr") e no domingo de manhã passar pela feira e comer um delicioso pastel de frango e catupiry, de carne, queijo e, enfim, o sabor não importa pois todos são maravilhosos, o importante e comer um pastel e beber um caçulinha.
Quanto as pechinchas... eu tbm amo faze-lás pois adoro todos os tipos de verduras e legumes.

Beijos

Pollyana

Marcela e Eraldo disse...

Simplesmente bárbaro, vc é ótimo, nunca imaginei , mas a tradição do pastel com caçulinha realmente é o máximo, agora, vc com esse peito pequeno e esse bracinho magrinho de peruca loira Ah, pagava pra ver kkkkkkk

Julio Moreira disse...

eeeeeee!

a feira é um achado, o Mafu, outro.

www.juliomoreiravideos.blogspot.com

falamos