quinta-feira, 10 de junho de 2010

(79) Uma ação local por uma causa global. 5 dejunho, dia mundial do meio ambiente e da ecologia!

Essa matéria foi publicada no jornal guaypacaré no dia 5 de junho último, onde falo das metas da política estadual do meio ambiente para os municípios serem certificados como Município Verde-Azul. Boa leitura a todos e até mais!


Em 1866 o biólogo alemão, Ernst Haeckel (1834-1919), criou formalmente a disciplina que estuda a relação dos seres vivos com o meio ambiente e a esse ramo da Biologia deu o nome de ECOLOGIA. O prefixo "eco" vem do grego "oikos", que significa, casa, domicílio, habitat.

Desde o dia 5 de junho de 1972, quando começou a ser comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente, a ONU (Organização das Nações Unidas) e todos os outros segmentos sociais mundiais debatem as questões ambientais e dão uma face humana aos problemas e soluções relacionados com o meio ambiente. A data é marcada por manifestações em diferentes cidades do mundo todo em defesa da preservação e de outras políticas ambientais.

Em 1988, pela primeira vez na nossa história, a Constituição Federal abordou o tema do meio ambiente. O Art. 225 exerce na Constituição o papel de principal norteador do meio ambiente, devido a seu complexo teor de direitos, mensurado pela obrigação do Estado e da Sociedade na garantia de um meio ambiente ecologicamente equilibrado, já que se trata de um bem de uso comum do povo que deve ser preservado e mantido para as presentes e futuras gerações, definindo as competências dos entes da federação. Essa iniciativa teve como objetivo promover a descentralização da proteção ambiental, dando a União, Estados, Municípios e Distrito Federal ampla competência para legislarem sobre matéria ambiental, apesar de sempre surgirem os conflitos de competência, principalmente junto às Administrações Públicas.


A Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo vem adotando esta política mais efetivamente nos últimos anos, democratizando e descentralizando as ações das políticas ambientais com o Projeto Estratégico Município Verde Azul (verde-matas; azul-ar e água). Na política de gestão ambiental compartilhada, o Governo Estadual e os municípios tomam decisões conjuntas, estimulando ações municipais em prol do meio ambiente e da sociedade. A adesão dos municípios ao Projeto se dá a partir da assinatura de um “Protocolo de Intenções” que propõe 10 Diretivas Ambientais que abordam questões ambientais prioritárias a serem desenvolvidas, estabelecendo a parceria entre Estado e Município, avaliando critérios específicos rumo às ações necessárias para que o município seja certificado como “Município Verde Azul”. Todos os 645 municípios paulistas já assinaram o Protocolo. .



As 10 Diretivas são: 1- Esgoto Tratado: Realizar a despoluição dos dejetos em 100% até o ano de 2010, ou, sendo financeiramente inviável, firmar um termo de compromisso com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente, comprometendo-se a efetivar o serviço até o final de 2014. 2- Lixo Mínimo: Eliminar até 2010 os lixões a céu aberto, promovendo a coleta seletiva e a reciclagem do lixo no município. 3- Mata Ciliar: Auxiliar o governo na recuperação das matas protetoras dos córregos e das nascentes d’água. 4-Arborização urbana: Aprimorar as áreas verdes municipais, diversificando a utilização das espécies plantadas, visando atingir 12 m² por habitante. 5-Educação ambiental: Implementar um programa de educação ambiental na rede de ensino municipal, promovendo a conscientização da população a respeito dos problemas ecológicos. 6-Habitação sustentável: Definir critérios de sustentabilidade na expedição de alvarás da construção civil, restringindo o uso de madeira da Amazônia e favorecendo tecnologias de economia de água e energia fóssil. 7- Uso da água: Implantar um programa municipal contra o desperdício de água. 8- Poluição do ar: Auxiliar o governo no combate da poluição atmosférica, especialmente no controle da fumaça preta dos ônibus e caminhões a diesel. 9-Estrutura ambiental: Criar um Departamento ou Secretaria municipal de meio ambiente. 10-Conselho de Meio Ambiente:Constituir órgão de participação da sociedade, envolvendo a comunidade local na agenda ambiental.

Percebemos nossa tarefa não é fácil, mas é muito possível. Lorena ainda não conseguiu o certificado, estamos caminhando para isso, pois alguns itens já foram implantados. Estamos na posição 221 com 74,77 pontos entre os 645 municípios paulistas, bem à frente de cidades como Guaratinguetá que está na posição 338 com 59,25 e Taubaté na posição 456 com 43,65 na avaliação da Secretaria Estadual.

Ainda há muito a ser feito na cidade e em todo mundo com relação ao meio ambiente. Vamos lutar pela criação do Parque Ecológico na Represa do DAEE, reabertura para o público da Águas do Barão, visitas constantes de crianças e adultos na Floresta Nacional de Lorena (horto florestal) e construir parques e áreas de lazer como na lagoa do mondesir e em áreas próximo ao Rio Paraíba, despertando a consciência ecológica dentro dos nossos lares com economia de água,luz e, principalmente, lutando pela implantação da educação ambiental nas nossas escolas e despertando a consciência ambiental que todos devemos ter, não apenas no dia de hoje.

Obs:As fotos desta postagem foram tirads na represa do DAEE, local ideal para a implantação de um parque ecoturístico em Lorena.

TCHAU... PARDAL...FUI!

4 comentários:

conexao-politica LORENA disse...

Faça o MELHOR por nós...

Yvana disse...

Querido amigo, é um prazer muito grande participar desse assunto tão importante, com liberdade de opinar. É de grande valia essa postagem sobre ecologia. É, realmente, obrigação individual a implementação da consciência ecológia, é nosso dever orientar e esclarecer tamanha importância do tema.
Mas, sem criticar a matéria que é de grande necessidade, apenas olhando de outro angulo pra podermos assim incluir também nessa realidade ecológica. De uma forma geral, infelizmente é uma realidade utópica. Digo isso porque pra se pensar em consciência ecológica é preciso ter um mínimo de cultura, mas como ter cultura de barriga vazia, e ,consequentemente, uma saúde "doente".
" HÁ QUE SE CUIDAR DAS FLORES PARA SE OBTER OS FRUTOS".
Legal falar sobre isso né!
Amigo estou a sua disposição no que precisar. Te admiro muito principalmente pela pessoa linda que vc é. Beijos carinhosos, Yvana

Pedro augusto disse...

Li e aplaudi essa matéria, além de te seguir aqui, não perco nenhuma matéria sua no Guaypacaré.Mafu também é cultura rsrsrsrsrs.

TV Centenário disse...

Colaboração da TV Centenario